Jardins do MAM RJ

O jardim do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro faz parte do Parque do Aterro do Flamengo, projeto que muito alterou o desenho urbano da capital carioca. Dentre muito dos arquitetos e urbanistas que participaram do projeto, destaca-se Burle Marx  que desenhou caminhos, maciços, jardins entre outros em um dos maiores parques de orla do país naquela época.

O Parque expressa muitos ideais modernistas, e o desenho do parque realça o paisagismo modernista brasileiro. O desenho de Burle Marx é inspirado na própria natureza, e o paisagista captura a essência da mata atlântica, das costas brasileiras, da floresta amazônica e recria-os em jardins, misturando espécies nativas e exóticas. Esse desenho fica nítido nos aglomerados de palmeiras, nos maciços de espécies arbustivas, nas linhas curvas e no uso de diferentes cores ao longo da paisagem.

jardins_mamScreenHunter_35May021359Sem título 1Sem título 2Sem título 3Sem título 4Sem título 5Sem título 6Sem título 7Sem título 8Sem título 9Sem título 10FF03

 

Texto por João Pedro Boechat

Referências e imagens de: http://burlemarx.com.br/inicio/, http://www.quapa.fau.usp.br/ e http://veja.abril.com.br/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s